Feliz cumple, Borges!

 Como bem lembrou um amigo muito querido no meu aniversário, felicidade envolve coca cola, charutos e Jorge Luis Borges. Pois, de um aniversário para outro, hoje é dia de Borges e a única comemoração possível é ler Borges. Ler muito, sempre que possível. As biografias são importantes, os estudos (e as enciclopédias) são importantes, mas … Mais Feliz cumple, Borges!

Porque hoje é Sábado – Rainer Maria Rilke

Uma das coisas de que mais me orgulho é ter amigos antigos. Conto, com orgulho, algumas amizades de mais de vinte anos. Muitos deles são leitores do blog e, volta e meia, comentam textos, “pedem” que escreva sobre um ou outro tema, sugerem um poeta para o PQHES, algo que me deixa extremamente feliz. Pois … Mais Porque hoje é Sábado – Rainer Maria Rilke

O meu Koala Bear e a vida que passa

A vida passa em um sopro… Clichê maldito, mas não menos real por isso. Até outro dia as conversas eram sobre aulas, provas, matemática, vestibular. Foram também sobre faculdade, namoradas. Sobre o quanto eu deveria sair do meu eterno casulo… E um dia, sem bem entender direito quando comecei a envelhecer, a minha família aumentou … Mais O meu Koala Bear e a vida que passa

Porque hoje é Sábado – Roberto Bolaño

Não tinha programado repetir Roberto Bolaño tão pouco tempo depois do primeiro PQHES com um de seus poemas, mas, como hoje completam-se quatorze anos de sua morte, foi inevitável postar novamente um poema do chileno. Bolaño foi um homem de personalidade forte e vida errática e sua morte contribuiu imensamente para a criação do mito. … Mais Porque hoje é Sábado – Roberto Bolaño

Porque hoje é quinta e há dias que merecem poemas

Há dias que merecem poemas. Há decisões que merecem poemas. Liberdade é, também, fazer escolhas difíceis. É entender o que realmente importa na vida e seguir por esse caminho. É escolher o certo, mesmo que o certo seja difícil. É dormir com a consciência tranquila da escolha correta, mesmo que seja um sono atribulado pelas … Mais Porque hoje é quinta e há dias que merecem poemas

Porque hoje é Sábado, Gregório de Matos

Um dos consensos em tempos de redes sociais é que o Brasil é o “país dos memes”. A capacidade nacional de rir da própria desgraça é inegável e a sátira é quase um esporte nacional. Considerando-se nossa história, episódios há mais que suficientes para encher páginas e páginas de sátiras. Pensando nisso, resolvi voltar ao … Mais Porque hoje é Sábado, Gregório de Matos

Porque hoje é Sábado – Roberto Bolaño

Já que teve resenha do último lançamento do chileno Roberto Bolaño com tantas referências ao seu passado de poeta, nada mais justo do que dedicar o Porque Hoje é Sábado à sua poesia. “Bolaño migrou da poesia para a prosa por conta da fome” dizia José Peguero, poeta infrarrealista e amigo do autor de seus … Mais Porque hoje é Sábado – Roberto Bolaño

Seguindo os passos mexicanos de Roberto Bolaño – Comentários sobre O Espírito da Ficção Científica

El burro A veces sueño que Mario Santiago Viene a buscarme con su moto negra. Y dejamos atrás la ciudad y a medida Que las luces van desapareciendo Mario Santiago me dice que se trata De una moto robada, la última moto Robada para viajar por las pobres tierras Del norte, en dirección a Texas, … Mais Seguindo os passos mexicanos de Roberto Bolaño – Comentários sobre O Espírito da Ficção Científica