Porque hoje é Sábado – Mario de Andrade

Continuo a minha série de “Porque hoje é Sábado” com um poeta do modernismo brasileiro. Depois de Bandeira e Drummond, li Pauliceia Desvairada, segundo livro de Mario de Andrade publicado em 1922, um dos marcos mais relevantes do modernismo brasileiro. Antes de tudo, uma nota pessoal. Não tenho pela poesia de Mario de Andrade o … Mais Porque hoje é Sábado – Mario de Andrade