Poesia na Copa – Arábia Saudita e Egito

O Grupo A termina com dois jogos às onze horas. No duelo do Oriente Médio, Arábia Saudita e Egito se enfrentam. Desde a ascensão do General al Sisi, o Egito tem se aproximado da Arábia Saudita que substituiu os Estados Unidos como principal aliado egípcio na região. Aliás, é um daqueles jogos que geram muito … Mais Poesia na Copa – Arábia Saudita e Egito

Poesia na Copa – Coreia do Sul e México

A segunda rodada do grupo F encerra com o imprevisível Coreia do Sul e México. Se não tenho nenhuma opinião sobre o futebol, posso garantir que o confronto literário é interessante. Opor um latino americano a um asiático sempre rende uma comparação bacana. Para o poema coreano continuo com a minha coletânea. Escolhi Yi Yuksa … Mais Poesia na Copa – Coreia do Sul e México

Poesia na Copa – Alemanha e Suécia

A segunda rodada do grupo F começa com o interessante Alemanha e Suécia. Os campões perderam na estreia, mas imagino que a Suécia, apesar do trabalho, não será páreo para os alemães. O jogo não cria chances de se opor escolas poéticas diferentes, já que temos dois europeus. Para a Alemanha, usei a excepcional coletânea … Mais Poesia na Copa – Alemanha e Suécia

Poesia na Copa – Nigéria e Islândia

O segundo jogo do dia é o imprevisível Nigéria e Islândia. É um daqueles confrontos que, se não render bom futebol, rende bom confronto entre duas escolhas poéticas diferentes. Os nigerianos, por sua vez vão de Gabriel Okara, mais um dos poetas da salvadora antologia da Penguin. Okara é um dos mais importantes poetas nigerianos, … Mais Poesia na Copa – Nigéria e Islândia

Poesia na Copa – Argentina e Croácia

O dia termina com o confronto entre Argentina e Croácia. Os croatas têm um bom time e a Argentina continua dependendo de Messi. Acho, honestamente, que não vão longe com se continuarem com a Messidependência… Apesar de tudo, espero um jogo equilibrado. Aos poemas. Os argentinos vão de Alfonsina Storni, uma das mais importantes vozes … Mais Poesia na Copa – Argentina e Croácia